terça-feira, 8 de junho de 2010

porque não se pode sempre ter tudo? acho horrivel o fato deu ter que escolher uma pra ficar na minha vida, e outra pra vê-la passar...eu amo ambas, adoro ambas, quero ambas.... mas de moodoos diferentes! não quero a outra, pra necessidades fisicas, e sim como companhia..
nem quero nem posso levar a mesma relação com a primeira cidadã.
ambas fazem parte de mim, querendo ou não e os sentimentos de desprezo de uma para com a outra são totalmente infantis, ja que eu nao vou ligar.
amo muito o bem que elas me fazem,e elas fazem cada uma ao seu modo..eu nao vou abrir mão dela.pensei muito essa noite, e eu sinto amor por ela, só que não do tipo de amor pra casaar/namorar/ficar e sim aquele amor pra cuidar e ficar perto.
nao sei explicar, eu nao sinto vontade de algo a mais... so quero ficar bem...
porem, ou é 8 ou 80 né? teeeeeenso.
e nao sei se esse sentimento pode cresçer, porque o que ele representa é algo muito diferente.
so to cansada de se armar um circo so porque eu quero ver a menina... e cansada de ambas me quererem por completo!
nao posso dar tudo, não mais.isso nao significa que ame mais ou menos. so to amando diferente.
e agora que tudo complicou de noovo, que eu to virando o monstrinho, nao quero que ninguem se asuste, eu nao quero ver ninguem mal, so quero respirar.
nao quero lagrimas por minha causa, nao vao valer a pena..
tambem nao quero jogar tudo fora, so preciso ficar sozinha sem compromisso nem responsabilidade.. nao quero me sentir sufocada, e sim acompanhada.


em fim, por medo a ser mal interpretada, parando de escrever.

Um comentário:

Sammy disse...

Oi..
haha!! Achei seu blogger bem por acaso e n tão por acaso q passei pela mesma situação.. haha!! é diferente quando vc vê de um outro angulo. Masculino por asswim dizer.
Achei bacana o seu ponto de vista e como desmontra sentimento..
eu acho q nesse " conto" eu me encaixaria como " menina de companhia".. do sentimento de carinho.
Bom.. vou aproveitar e ler mais seu blogger.
Abraço.
Samantha Roman
Pianista.